domingo, 29 de março de 2015

Paraíso

O que qualquer pessoa chegou a imaginar e sonhar do que poderia ser o paraíso, eu sinto que é possível se tornar real aqui:
viver como se cada segundo fosse último e isso me dá tempo suficiente pra viver uma vida inteira. Uma vida simples, nem enraizada do passado e nem motivada pela pré- ocupação com o futuro. Uma simplicidade que gera luz e esclarecimentos, ao tempo que não exclui os mistérios da vida. Uma simplicidade que mantém o imensurável intacto. Ter certezas pra que?!
Sentir como se a vida não exigisse confiança em se quer um passo que você venha a dar. Perceber que a  ausência de carácter ou ideologia é o que te liberta pra estar no aqui e agora... e que o agora equivale a uma eternidade de possibilidades e perspectivas.
Cada dia, uma vida inteira rumo ao desconhecido numa jornada que agora chamo de Paraíso.


2 comentários:

Lucas Souza disse...

Minha alma leu por si só

Lucas Souza disse...

Minha alma leu por si só