segunda-feira, 8 de dezembro de 2008

Well, I'm beginning to see the light.

Gênio maligno,
Ela é radiante
Assim como o sol
Ela fulge, cintila muito
Sem muito que dizer ela ridiculariza
Tem algo místico no olhar,
Nem Descartes...
O sorriso é o mais encantador
Ninguém...
Nenhum francês...
Tu ne quaesieris, scire nefas!
Nem Caravaggio em suas pinturas poderia aclarar...


Miss Dogma



"Well, I'm beginning to see the light.
Well, I'm beginning to see the light.
Some people work very hard,
but still they never get it right.
Well, I'm beginning to see the light.
I wanna tell all you people, now.
Now, now, baby, I'm beginning to see the light.
Hey, now, baby, I'm beginning to see the light.
Wine in the mornin', and some breakfast at night.
Well, I'm beginning to see the light... " The Velvet Underground

2 comentários:

Colonia Bazalam disse...

Boa pergunta viu, e lhe respondo com a mesma questão...
ademais, bom blog, posso adicionar no meu?

Colonia Bazalam disse...

Valeu, ja adicionei e espero por novas postagens por aqui, gostei do que já li.


E Lou Reed é sensacional, gosto de uma simples frase mas muito boa em venus in furs "different collors, made of tears"

Prazer